Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

"CONCHAS MAMILARES": POLÊMICA na INDICAÇÃO

Por: Debate na lista eletrônica L-materno@

   

  CONCHAS NÃO DEVEM SER USADAS PARA COLETAR LEITE
 
Caras(os) amigas(os),

Independente de qualquer consideração que possa ser feita a respeito da utilização deste dispositivo - concha protetora, gostaria de atentar para o risco de perda de qualidade que representa:

1- Apesar do leite humano ser rico em fatores de proteção, suas barreiras bioquímicas são perfeitamente esgotáveis e sofrem a ação direta das bactérias saprofitas, presentes no próprio leite em decorrência da colonização interna
dos canais da estrutura mamaria.

2-Estas bactérias são perfeitamente adaptadas e se desenvolvem muito bem no leite humano. Este desenvolvimento é ainda mais acentuado quando o leite
á mantido a uma temperatura próxima da ótima para o crescimento bacteriano = 35 a 37C (temperatura do corpo e da concha)

3-Ao crescerem no leite, esta bactérias reduzem o teor de imunoglobulinas e dos demais imunobiológicos. Alem disso, metabolizam a lactose, produzindo grandes quantidades de ácido latico.

4-Quanto mais ácido latico é produzido, menor será a biodisponibiloidade de cálcio e fósforo do leite humano coletado. Outrossim, ocorre um aumento da osmolaridade do produto, fato que pode chegar inclusive a desqualificar
o produto para o consumo.

5-Em nossa experiência, o leite coletado com auxilio de conchas apresenta uma acidez desenvolvida maior e, consequentemente, uma qualidade microbiologica
e físico-química inferior.

6-Em varias oportunidades, constatamos este fato na Rede nacional de BLHs.

7-Face ao exposto, a utilização deste artefato deve observar um protocolo rígido, particularmente no que tange as condições de higiene/limpeza, quanto
ao tempo de utilização.

Atenciosamente,

João Aprigio Guerra de Almeida
coordenador da Rede Nacional de BLH
********************************

 
    Achei muito interessante as colocações do Dr. João Aprígio, pois aqui mesmo na lista alguém já perguntou sobre a utilização desse leite. Apesar de não ter os conhecimentos apresentados, o que pude orientar sobre isso foi que o uso do leite seria desaconselhado e há necessidade de uma higienização adequada.
 
    Tirei estas conclusões tomando como base o uso da bombinha de ordenha, aquela com a pera na ponta que pode apresentar resíduos de  leite. No hospital que trabalho, nós realizamos ordenha direcionada de LM e, para termos segurança na qualidade do leite, as bombas são proibidas, ficando seu uso limitado ao ambiente domiciliar, visto que o leite ordenhado em casa deve ser encaminhado congelado ao hospital e o mesmo encaminha ao BLH para pasteurização.
 
     Acredito ser importante orientarmos a própria empresa sobre esse fato, bem como as mães, que podem estar oferecendo um leite contaminado aos seus bebês.
Vou tentar fotografar ou conseguir o folder do produto.
 
Abraços,
 
Cristiane Gomes
 
**************

Cristiane, obrigada por responder. Era isso que eu queria ver se alguém percebia.

O produto pode ter utilidade, mas há que ter cuidado com "oitavas maravilhas". Sem perceber, podemos estar promovendo o produto. Há que ter cuidado!

Gosto de lembrar que, se para amamentar fosse necessário algum "aparato", as mulheres já nasceriam com ele...

Beijo

Val k

******
Valderez,
 
Concordo quando vc diz que o que causa fissura é o excesso de leite na mama, pois dificulta a pega correta. Esta concha evita que a mama fique com excesso de leite, pois o que sobra acaba saindo e deixando a mama livre do excesso.
No meu caso além da ordenha manual a concha foi muito útil.
Não estou fazendo propaganda do produto, nem tanto dizendo que este aparato dever ser usado por todos. Acredito apenas que pode ser útil em alguns casos e ajudar aquelas mães que estão inseguras, pois já sofreram com as fissuras.
Sugiro que antes de qualquer providência que seja feito um teste com o produto, seja ele de qualquer marca para comprovar sua eficácia ou não.
Aproveito a oportunidade para parabenizá-la por suas colocações. Sempre tenho acompanhado os e-mails e acho tudo muito válido.
Em nossa empresa temos um grupo de gestantes e como ainda é um projeto novo, (menos de 1 ano) aproximadamente 60 casais grávidos já tiveram a oportunidade de fazer parte do grupo. Nosso principal objetivo é a amamentação exclusiva até os seis meses de idade. Reunimos parte deste grupo que já teve seus bebes e para nossa realização pessoal e profissional, TODOS os bebes estão sendo amamentados. Isso sim é oferecer qualidade de vida aos bebes e proporcionar a eles uma vida repleta de amor......
 
Beijos
 
Marcela
*******

Marcela, ótimo saber que no teu caso o produto foi útil. Mas, veja bem, foi "no teu caso"!

Quando promovemos um produto, "no atacado", não podemos prever todas as situações em que ele poderá ser usado. E nem sempre será "naquela" em que ele apresentou bons resultados. Que, diga-se de passagem, podem não ter sido totalmente devidos ao produto.

Quanto a prevenção de fissuras, a ordenha da mama - manual, com a técnica adequada, de preferência - é mais efetiva do que simplesmente usar um protetor. O excesso de leite dificulta a pega adequada da aréola, que é a causa real da fissura.

Entende porque a necessidade de cautela?

Grande abraço

Valderez k
*********

Conheço o produto e também já usei. Foi ótimo, pois além de proteger a mama é um coletor de leite. Tive um bebê prematuro e precisei esgotar o leite por 15 dias , mas levava até a UTI. Usei o produto durante todo o tempo que
amamentei 1 ano e recomendo a quem interessar. Quando a mama esta cheia e usamos o protetor de algodão que é muito comum, ela fica dura e dolorida e com este protetor em forma de concha o leite em excesso vasa no protetor,
deixando a mama livre. Evita rachaduras. Também estimula a maior produção de leite. Ele pode ser esterilizado e usado todos os dias. Tem um custo baixo se comparado aos protetores de algodão.
Recomendo a todas as mães.
Um abraço
Marcela
Assistente Social
Três Barras, SC
***************
Estes protetores (conchas) podem ser usados como medida adjuvante em mamilos machucados, evitando contato com a roupa, que pode ser muito doloroso. Algumas (dependendo do tamanho do orifício central) podem ajudar a protrair os mamilos. Mas é importante que elas tenham orifícios para ventilação. Não esquecer que umidade mais açúcar (lactose do leite) é um prato cheio para cândida.
 
Elsa Giugliani
************
 


Última atualização: 14/6/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital