Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Amamentação \ Alertas \ Artigo

SLING (Carregador de bebê) pode ser PERIGOSO

Por: Marcus Renato de Carvalho + Destak + ABM

Carregador de bebê

Uso de sling exige cuidados especiais

   

 

 Os baby-slings, carregadores que permitem levar o bebê amarrado ao corpo do pai ou da mãe, estão cada dia mais na moda e presentes nas ruas do Brasil.

O uso desses acessórios, no entanto, exige um cuidado especial, já que sua utilização errada pode provocar até a morte da criança.

Na semana passada, mais de 1 milhão de slings da marca Infantino foram convocados para um recall nos EUA, após ser constatada a morte de três bebês por asfixia.

O governo chegou a pedir que os pais evitem utilizar os slings, também conhecido como canguru, com crianças menores de quatro meses. No Brasil, nunca foi registrada morte provocada pelo sling.

Modo correto de usar

O maior perigo é o sufocamento da criança. Como a peça mantém o bebê em posição curva, ele pode dobrar o queixo em direção ao peito da mãe e bloquear as suas vias aéreas. Também há o risco de quedas quando o sling não está bem amarrado.

Para evitar a asfixia, o cuidado mais importante é deixar a cabeça e o rosto do bebê sempre a vista.

Além de impedir o sufocamento, o bebê fica livre para chorar e demonstrar qualquer desconforto.

Outra dica importante é na escolha do tecido do sling. O produto deve ser macio e confortável, mas resistente e com largura suficiente para acomodar o bebê.

As laterais também devem ser bem elevadas para impedir a queda das crianças enquanto a mãe se movimenta. Crianças doentes ou que estejam abaixo do peso também não devem ser carregadas no sling.

 

ACADEMIA AMERICANA de MEDICINA da AMAMENTAÇÃO

também dá um alerta:

CPSC warning on slings misses the mark

 

New Rochelle, NY, March 19, 2010 — The Consumer Products Safety Commissions warning on baby slings provides vague and misleading information for parents.

The popularity of slings has increased tremendously in recent years, as more and more mothers report that slings facilitate parenting and breastfeeding on demand. "All slings are not created equal," says Arthur Eidelman, MD, vice president of the Academy of Breastfeeding Medicine. "Unfortunately, however, the CPSC issued a blanket warning about all types of sling carriers."

Ring slings, which carry infants in an upright position snug with the parents chest, protect the infants airway. By contrast, the illustrations of "unsafe" slings in the CPSC warning appear to be bag or duffle slings. In bag slings, the infant is carried near the parents hips. In this position, the infant may be curled up and the neck may be bent, making breathing more difficult.

The CPSCs advice on safe baby carrying is also misleading. The agency recommends positioning infants so "the babys head is facing up and is clear of the sling and the mothers body." "The face out position they say is correct could be risky with a premature infant, because of the babys unsupported neck," Eidelman says. "A baby whose face is sideways with cheek against the chest, head slightly extended and body and shoulders and yes, face, snug so that the baby cant move, is secured in a safe position."

In the warning, the CPSC reported 14 deaths associated with sling use in the past 20 years, including 3 in 2009. The agency provided no information on the types or brands of sling involved, nor did they account for the rapid increase in sling use among parents in the US. This stands in contrast with the hundreds of recalls of other juvenile products issued by the CPSC that specify the precise brand and model number involved in adverse outcomes.

"Last month, when the CPSC recalled a crib model associated with 3 infant deaths, they did not issue a blanket warning that cribs can be deadly," Eidelman notes. "Parents deserve the same precise, accountable information when it comes to baby-carrying."

The Academy of Breastfeeding Medicine is a worldwide organization of physicians dedicated to the promotion, protection and support of breastfeeding and human lactation through education, research, and advocacy. An independent, self-sustaining, international physician organization and the only organization of its kind, ABMs mission is to unite members of various medical specialties through physician education, expansion of knowledge in breastfeeding science and human lactation, facilitation of optimal breastfeeding practices, and encouragement of the exchange of information among organizations.

Breastfeeding Medicine is the official journal of the Academy of Breastfeeding Medicine. It is an authoritative, peer-reviewed, multidisciplinary journal published quarterly. The journal publishes original scientific papers, reviews, and case studies on a broad spectrum of topics in lactation medicine. It presents evidence-based research advances and explores the immediate and long-term outcomes of breastfeeding, including the epidemiologic, physiologic, and psychological benefits of breastfeeding.

The Academy of Breastfeeding Medicine,
140 Huguenot St., 3rd floor, New Rochelle, NY 10801-5215
(800) 990.4ABM  (914) 740.2115 Fax: (914) 740.2101

 


Última atualização: 14/6/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital