Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Amamentação \ Cultura \ Artigo

PRÊMIO UNESCO RETRATA CULTURA POPULAR

Por: Beatriz Borges com foto de Fábio di Castro - SEBRAE

Brasil ganha Prêmio Unesco de Artesanato pela primeria vez
Peça “Bonecas em Cerâmica”, da artesã Isabel Mendes da Cunha, do Vale do Jequitinhonha (MG), concorreu com outras 90 peças da América Latina e Caribe

Beatriz Borges
 
Fábio di Castro
 
 

Fábio di Castro


A "Boneca em Cerâmica", do Vale do Jequitinhonha (MG), que retrata uma mãe amamentando o filho, foi a peça vencedora do prêmio Unesco de Artesanato
      

Salvador -
 
A "Boneca em Cerâmica", peça da artesã Isabel Mendes da Cunha foi a vencedora da 7ª edição do prêmio Unesco de Artesanato para América Latina e Caribe. Com o tema "Criações do Cotidiano", o prêmio foi entregue nesta sexta-feira (06) durante o Encontro Internacional de Negócios de Artesanato, que acontece em Salvador (BA).

A peça do Vale do Jequitinhonha (MG) retrata uma mãe amamentando o filho. A artesã Dona Isabel, como é conhecida, vai receber US$ 5 mil e seu trabalho vai integrar o acervo da Unesco, além de participar da feira Maison & Objet, que acontecerá em Paris, na França, em dezembro de 2005.

Cerca de 90 trabalhos feitos em cerâmica, barro e pedra de 16 países foram selecionados para participar do prêmio. A seleção foi realizada por cada País e as peças avaliadas por uma comissão julgadora formada por especialistas no setor de artesanato.

O presidente do Sebrae, Silvano Gianni, disse que o prêmio valoriza e resgata a cultura local. "O artesanato é uma atividade que deve ser encarada, cada vez mais, como um empreendimento", afirmou, citando a importância do encontro e das rodadas de negócios.

O trabalho de cerâmica Marajoara, confeccionado pelo artesão paraense José Levy Cardoso de Lima, ficou com a segunda colocação e vai receber US$ 3 mil. O prêmio do terceiro lugar (US$ 2 mil) foi entregue a Mercedes Venegas Escalantes, da Colômbia, e Susana Cabrales Vernaza, do México.

O prêmio, bianual, é promovido pela Unesco para incentivar trabalhos artesanais que levam em consideração beleza, originalidade e potencial de mercado. Esta é a primeira vez que o Prêmio Unesco é realizado no Brasil.
 
 
 


Última atualização: 1/4/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital