Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Amamentação \ Dicas \ Artigo

Dicas de como AMAMENTAR com PRAZER

Por: Prof. Marcus Renato de Carvalho, IBCLC

/ 

DICAS de COMO AMAMENTAR com PRAZER

 

1.) Acredite que não existe leite fraco.

Todo leite materno é forte e adequado para o melhor crescimento e desenvolvimento do bebê até 6 meses de vida. Nessa fase, não precisa dar outro alimento. No primeiro dia, a produção de leite é "pequena". Esse leite, chamado colostro, é transparente ou amarelado, tem alto valor nutritivo, é suficiente para as necessidades do bebê e age como uma “vacina”, protegendo-o contra doenças. Se eu chorar, verifique se estou com fome, molhado ou se necessito de colo e carinho.

 

2.) Saiba que quanto mais o bebê mama, mais leite você produz.

Sugar o peito é o que estimula a produção de leite. Por isso, não dê ao seu filho chás, água, sucos ou outro leite, nos primeiros 6 meses de vida.

Começar a mamar desde a sala de parto facilita a descida mais rápida do leite. Procure manter o bebê ao seu lado, do nascimento até a alta. O lactente mama no peito várias vezes, dia e noite, de acordo com a vontade dele, não necessita de mais nada. Dê os dois peitos a cada mamada.

 

3.) Coloque o bebê em uma posição confortável para mamar

Para que o bebê sugue bem, ele deve estar em posição de poder abocanhar não somente o mamilo (bico do peito), mas grande parte da aréola (parte escura do peito), com o corpo totalmente voltado para o da mãe (barriga com barriga). Quando a criança pega o peito corretamente, com a boca bem aberta, o leite sai em quantidade suficiente, o bebê engole tranquilamente e a mãe não sentirá dor.
 

4.) Cuide adequadamente das mamas

Para evitar rachaduras, não lave os mamilos antes e depois das mamadas. Basta o banho diário, evitando uso de sabonete nos mamilos. O próprio leite protege a pele, evitando infecções. Não use pomadas nem cremes nos mamilos. A exposição das mamas ao sol não ajuda a prevenir rachaduras. Troque o sutiã quando estiver molhado.

 

5.) Retire leite quando for necessário ( ordenha)

Evite que a mama fique muito cheia e pesada. Se isto acontecer, lave bem as mãos, faça massagens circulares com as pontas dos dedos, pressionando as mamas do mamilo para base. Depois, coloque os dedos onde termina a aréola e aperte com cuidado até o leite sair. Guarde o leite em frasco fervido por dez minutos, na geladeira (24 horas) ou freezer (15 dias) ou doe a um Banco de Leite Humano. Para aquecer o leite, use apenas banho-maria.

 
6.) Nunca use bicos , chupetas , chuquinhas ou mamadeiras

O uso de bicos, chupetas, ou mamadeiras deve ser evitado, pois prejudica a amamentação. Os bebês que fazem uso de mamadeira acabam largando o peito.

 

7.) Tome líquidos, alimente-se e descanse sempre que possível

A mãe que amamenta deve tomar líquidos em abundância, melhorar (qualitativa e quantitativamente) a sua alimentação e dormir ou descansar sempre que possível.

 

8.) Só tome medicamentos sob prescrição médica

A mãe só deverá tomar medicamentos quando orientada pelo médico ou profissional de saúde habilitado.

 

9.) Continue a amamentação, se possível até os 2 anos de idade ou mais

A ciência hoje recomenda que todo bebê deve ser amamentado exclusivamente no peito até 6 meses de vida e continuar mamando até os 2 anos de idade ou mais, ao mesmo tempo em que são introduzidos novos alimentos adequados para criança.

 

10.) Conheça os direitos da mãe trabalhadora

A mãe que trabalha fora tem direito:

  À licença gestante de 120 dias.
  A dois descansos remunerados de meia hora por dia, quando retornar ao trabalho, para amamentar até 6 meses de idade.
  A berçário ou creches nos locais de trabalho, sempre que a empresa tiver 30 ou mais mulheres trabalhando.

Atenção: se por algum motivo você não puder amamentar seu filho, não ofereça o peito de outra mãe. Procure um banco de leite humano, uma Maternidade (Hospital) AMIGA da CRIANÇA  ou um profissional de saúde para orienta-la.

 

 


Última atualização: 2/9/2015

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital