Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

LACTOALBUMINA do LEITE MATERNO favorece NEUROTRANSMISSORES

Por: Prof. Marcus Renato de Carvalho, IBCLC

 /

ALFA-LACTOALBUMINA do LEITE MATERNO favorece NEUROTRANSMISSORES

 

                  A saúde de toda a vida do ser humano é essencialmente definida nos seus primeiros 1000 dias - da concepção aos dois anos de idade.

 

É nesse intervalo que o cérebro e maioria das funções cognitivas se expandem de forma rápida e dramática, e é nele que a habilidade de aprender depende de um aporte nutricional adequado.

 

A proteína alfa-lactoalbumina, encontrada no leite materno, é um auxílio crucial para a produção dos neurotransmissores que permitem que o cérebro opere de maneira eficiente, como a Dr. Kesinee Owasith confirmou numa recente palestra em Bangkok chamada “The Journey of the First 1,000 Days of Life” (“A Jornada dos Primeiros 1000 Dias de Vida”).

 

A pediatra, que está se especializando em desenvolvimento e comportamento no Children’s Development and Learning Centre do Kennedy Kriegler Institute em Baltimore, afirma que a nutrição - incluindo os cinco principais grupos alimentares, água limpa e ar fresco - é tão importante quanto os genes dos pais ou à criação cuidadosa para determinar a saúde do resto da vida do bebê.

 

“Os primeiros 1000 dias são críticos para o desenvolvimento cerebral, já que há um aumento no número de neurônios e sinapses mais rápido do que em qualquer outro estágio da vida” diz Kesinee.

 

O cérebro começa a se desenvolver apenas 18 dias após a concepção, segundo ela. Do segundo ao quarto mês mais de 200 mil neurônios são criados a cada minuto. Ao sexto mês as estruturas cerebrais e suas funções já se tornaram bastante complexas e os neurônios comunicam entre si como um sistema. É por isso que é tão importante estimular o bebê com luzes e conversa. Mães devem tentar manter o bom humor, evitar estresse e descansar bem e os pais devem estar lá para ajudar,

 

As sinapses ligando porções diferentes do cérebro devem se desenvolver de uma maneira saudável e ordenada para que a criança se torne capaz de aprender bem, explicou Kesinee. O aprendizado de linguagem, memorização e coordenação motora fina dependem disso.

 

Após os primeiros 1000 dias o cérebro tem 100 bilhões de neurônios e cresce mais lentamente. Ele já atingiu 75 a 80 por cento do tamanho adulto. Então esses três anos iniciais são um período chave para garantir que o desenvolvimento futuro será tranquilo, ela diz.

 

Proteínas de boa qualidade são essenciais para produzir serotonina, um precursor para os neurotransmissores e é aí que a alfa-lactalbumina, particularmente rica no amino ácido essencial triptofano, é especialmente benéfica. O triptofano está envolvido na regulação do comportamento neurológico.

 

“Alfa-lactalbumina é a principal proteína no leite materno e pesquisas mostram que bebês amamentados exclusivamente por seis meses tem um desenvolvimento melhor - em comportamento, aprendizado, função cerebral e emoções” Dr. Kesinee diz.

 

Essa é mais uma razão para as mães amamentarem por um período mais longo possível, ela nota. Mulheres que não possam amamentar de forma alguma devem usar fórmulas infantis (e não leite de vaca integral) que contenham alfa-lactalbumina, além de introduzir (quando adequado) alimentos como ovos, carnes, leite e queijo.

 

Como boa nutrição garantida, pais podem participar estimulando o desenvolvimento cerebral da criança, levando em atividades supervisionadas e praticando diferentes habilidades em um ambiente de atenção e cuidado.

 

É possível perceber o desenvolvimento de uma criança através da coordenação motora, da associação entre movimentos da mãe e o olhar, tentativas de falar e habilidade de solucionar problemas simples. Todos esses marcadores envolvem numerosos e complexos processos cerebrais. Quando um bebê começa a cantar, memorizar melodias, tons e palavras, podemos ver que começa a existir uma interação social com a “plateia”, através de danças e sorrisos.

 

 

Fonte: The Nation - Tailândia (http://shar.es/FeDLd)

 

Traduzido por Rodrigo Santos (aluno do 8o período da Faculdade de Medicina da UFRJ)

 

 

O www.aleitamento.com adverte:

Recomendamos a amamentação até 2 anos ou mais e de

forma exclusiva nos 6 primeiros meses de vida.

 

 


Última atualização: 26/2/2014

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital