Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Amamentação \ Geral \ Artigo

SALAS de AMAMENTAÇÃO nas EMPRESAS: Projeto de LEI na CÂMARA dos DEPUTADOS

Por: Marcus Renato de Carvalho

Proposta torna obrigatória

sala para recolher

 leite materno

Arquivo/ Leonardo Prado

 

         Tramita na Câmara o Projeto de Lei 2083/11, do deputado Manato (PDT-ES), que torna obrigatória a existência de salas de apoio à amamentação em órgãos públicos federais. De acordo com a proposta, as salas servirão para servidoras e funcionárias fazerem a ordenha e a armazenagem de leite no horário de expediente, de acordo com regulamentação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segundo o deputado, com a instalação das salas, as mães conseguirão preservar o aleitamento materno mesmo com a volta à rotina de trabalho. “A sala permitirá à mãe trabalhar com a tranquilidade de saber que seu bebê continuará sendo amamentado.”

O deputado lembra que uma recente conquista das servidoras públicas foi a ampliação da licença-maternidade para 180 dias (Lei 11.770/08), originada por projeto de lei da ex-senadora Patrícia Saboya.

“Porém, voltar ao trabalho depois da licença maternidade é um momento de tensão para as famílias dessas mulheres”, ressalta Manato.

 

Benefícios nutricionais e emocionais


O aleitamento materno oferece benefícios nutricionais, imunológicos, emocionais, econômicos, sociais e para o crescimento e desenvolvimento da criança, lembra Manato. Apesar de o bebê maior de seis meses já poder obter a maioria dos nutrientes de que precisa na alimentação, o leite materno proporciona uma boa quantidade de calorias, vitaminas e enzimas para ele, além de facilitar o processo de transição alimentar.

O bebê deve mamar exclusivamente no seio até os seis meses de idade. Só depois é que se deve inserir outros alimentos em sua dieta. Além disso, informa o deputado, o Ministério da Saúde recomenda oficialmente que o aleitamento seja mantido até dois anos de idade ou mais.

O autor da proposta argumenta ainda que a iniciativa é de baixo custo e que a maioria dos órgãos só precisaria remanejar mobiliário para criar as salas.

A Anvisa determina que essas salas tenham lavatório para higiene das mãos e dos seios, cadeiras com distância mínima de 1,5 metro entre elas e freezer para armazenamento do leite.

Tramitação
A proposta tramita em
 caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

§  PL-2083/2011

Reportagem – Tiago Miranda 
Edição – Mariana Monteiro

 

Leia  + aqui no www.aleitamento.com

 

25/2/2010

SALA de APOIO a AMAMENTAÇÃO em EMPRESAS: publicada PORTARIA no. 193 da ANVISA

26/3/2010

SALAS de APOIO à AMAMENTAÇÃO: cada vez mais EMPRESAS ADOTAM

30/5/2011

OFICINAS Regionais: "AMAMENTAÇÃO - Direito da MULHER TRABALHADORA"

 

3/6/2011

 

OFICINA capacita tutores para "SALAS de APOIO à AMAMENTAÇÃO" em EMPRESAS


Última atualização: 21/12/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital